Tanajuras: de onde vem esse bichinho curioso e esperto?

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Quem já não se divertiu quando criança com a época das revoadas de tanajuras, não sabe o que eu estou falando?

Com certeza você já deve ter notado um evento muito intrigante, quando diversas formigas aladas, ou seja, com asas…Voam livremente pelos céus de setembro a novembro.

Eu estou falando das tanajuras, que são as formigas fêmeas das saúvas.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Nesse artigo eu vou te mostrar todas as curiosidades sobre as tanajuras…

Então, vem comigo!

Tanajuras: as fêmeas das saúvas

As tanajuras, na verdade, são as formigas fêmeas das saúvas.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

E na classificação biológica, as saúvas são do gênero “Atta”, sendo as formigas-cortadeiras encontradas em muitas regiões do Brasil.

Em nosso país, as tanajuras também são chamadas:

  • Caiapó;
  • Carregadeira;
  • Cortadeira;
  • Iças;
  • Bitus;
  • Manhuara;
  • Formiga-da-roça;
  • etc.

A sociedade das Saúvas

tanajuras

As fêmeas virgens das saúvas são as tanajuras, que possuem asas, ou seja, são aladas.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Dessa forma, elas são as rainhas dessa sociedade muito bem estruturada das saúvas.

Além disso, essas formigas apresentam asas porque precisam voar para copular com os machos, chamados de “bitus” ou “içás”.

Voo nupcial das tanajuras

Esse voo nupcial é muito importante porque depois que as tanajura acasala com os bitu…

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Ela pousa no chão e retira suas asas, dali em diante, ela está pronta para criar um novo sauveiro…

Que é um ninho que é construído debaixo do chão, formando enormes galerias subterrâneas.

Assim sendo, depois de acasalar com o bitu e cair no chão, a tanajura já se encontra com uma “bola” de fungo em seu aparelho bucal…

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Esse fungo vai ser importante para a rainha, agora sem asas, construir do zero o seu novo ninho subterrâneo.

O fungo, geralmente pode ser de três tipos de gêneros:

  • Leucoagaricus sp.;
  • Attamyces sp.;
  • Pholota sp.

Então ao longo de três anos, outro tipo de saúva, a cortadeira, vai carregar folhas para dentro do sauveiro.

As folhas vão ser importantes como substrato para aumentar a colônia de fungos que vão alimentar essas formigas.

Então as saúvas alimentam os fungos, que por sua vez, alimentam as formigas.

Tipos de saúvas

Eu citei até agora três tipos de saúvas: tanajuras, bitus (ou içás) e as cortadeiras.

Porém, existem seis tipos de saúvas que compõem esta sociedade bem incrivelmente organizada:

  • Tanajuras – originadas de ovos bem tratados, essas rainhas virgens das saúvas vão acasalar e dar origem a um novo sauveiro;
  • Enfermeiras – cuidam os ovos;
  • Bitus (ou içás) – oriundos dos ovos que não recebem um tratamento especial pelas enfermeiras;
  • Cortadeira – levam as folhas para o interior dos sauveiros para alimentar os fungos que servem de alimento para todas as saúvas;
  • Soldados – protegem o sauveiro de invasores;
  • Lixeiras – realizam a limpeza do ninho.

Ciclo de vida das tanajuras

É importante destacar que as saúvas apresentam metamorfose completa.

Isso quer dizer que essas formigas passam por todos os estágios do seu ciclo de vida;

  • Ovos;
  • Larvas;
  • Pupa;
  • Fase adulta.

Tanajuras como pragas agrícolas

As tanajuras são muitas vezes consideradas pragas agrícolas porque podem ser abundantes nas lavouras.

Importância ecológica das Tanajuras

As tanajuras ao dispersarem sementes de diversos vegetais, ajudam na constante formação de florestas em muitos ecossistemas.

Além disso, essas formigas contribuem com o enriquecimento do solo…

Isso porque ela carrega pedaços de folhas para dentro dos sauveiros para alimentar os fungos.

E essas folhas obviamente são usadas como alimento por esses fungos e nesse processo são liberados materiais orgânicos no interior do solo.

Que papo é esse de tanajuras fritas?

As tanajuras além de fazer parte do imaginário de muito de nós por suas revoadas.

Também habitam a memória de muitas pessoas por estarem presentes na culinária de muitas culturas.

Geralmente, tribos de índios e no interior de alguns estados brasileiros é comum as pessoas comerem as tanajuras!

Inclusive essas formigas costumam ser usadas para fazer farofas.

Eu fiz um vídeo sobre tanajuras no meu canal no Youtube, veja abaixo.

Conclusão

Espero que você tenha gostado do nosso artigo sobre tanajuras!

Aqui no Biologia Digital criamos conteúdos não só sobre curiosidades científicas como também conteúdos para o Enem.

Eu separei um artigo sobre ecologia, que é um tema bastante cobrado neste exame.

LEIA MAIS: Autótrofos e Heterótrofos: Quem são e Principais características

Compartilhe esse artigo com mais pessoas que adoram ciência!

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Leandro Sinis, além de ser o CEO do Biologia Digital, traz consigo uma bagagem valiosa como biólogo e divulgador científico, graduado pela renomada Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Sua paixão pela ciência e pelo compartilhamento do conhecimento o impulsiona a liderar esta plataforma com dedicação e expertise. Para entrar em contato com Leandro, envie um e-mail para: leandrocarsi89@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *