Qual raça de gato vive mais? Expectativas e fatores que influenciam o tempo de vida desses animais

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Você sabe qual raça de gato vive mais? Essa pergunta normalmente é feita por tutores de gatos que desejam saber (com toda razão) por quanto tempo seu animal pode viver.

Desse jeito, antes de tudo é importante dizer que vários fatores podem interferir na expectativa de vida dos gatos, como veremos a seguir.

Com isso, vamos apresentar dados de um estudo científico, feito no Reino Unido, que tentou descobrir a média de vida de gatos de raça e mestiços.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Então, fique até o final deste post do Biologia Digital, para descobrir qual raça de gato vive mais e quais são os fatores determinantes para a expectativa de vida desses bichinhos incríveis.

Foto: Reprodução/ Canva Pro

Estudo do Reino Unido tentou descobrir qual raça de gato vive mais

Um trabalho realizado por pesquisadores do Reino Unido, analisou dados de mais de 8 mil gatos domésticos que morreram entre janeiro de 2019 e março de 2021.

Inclusive, o estudo foi publicado no periódico científico Journal of Feline Medicine and Surgery.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Cabe ressaltar, que de acordo com Dan O´Neill, coautor do estudo, o objetivo do trabalho foi produzir dados que orientem tutores e veterinários a tomarem decisões mais acertadas com relação aos cuidados de saúde desses animais.

Expectativa de vida média dos gatos

Foto: Reprodução/ Canva Pro

Para descobrir a média de vida dos bichanos, os pesquisadores utilizaram dados de mais de 8 mil gatos em qualquer idade e montaram uma tabela com as diversas características para criarem o levantamento considerando vários fatores.

Dessa maneira, os cientistas chegaram a algumas conclusões, como por exemplo, descobriram que a expectativa de vida média dos gatos domésticos no Reino Unido, é de 11,7 anos ao nascer.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Além disso, os pesquisadores perceberam que, de modo geral, os gatos mestiços vivem cerca de 1,5 anos a mais do que os gatos considerados de “raça pura”.

Ainda, os resultados mostraram que o gato birmanês tem a maior “expectativa de vida ao nascer”, com cerca de 14,4 anos.

Por outro lado, os gatos da raça Sphynx apresentam a menor expectativa de vida, com cerca de 3,7 anos, provavelmente pela propensão a problemas cardíacos.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Fatores que influenciam a expectativa de vida dos gatos

Além disso, diversos fatores que influenciam na expectativa de vida média dos gatos, foram considerados no estudo, como:

  • Gênero;
  • Castração;
  • Se vivem dentro de casa ou fora.

Dessa maneira, levando em conta todos esses fatores, os estudiosos notaram que as fêmeas vivem cerca de 1,3 anos a mais que os machos.

Além do mais, a pesquisa mostrou que gatos castrados podem viver cerca de 1,1 ano a mais que gatos não castrados.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Outro fator que foi considerado pelo estudo, foi a preferência cultural na criação do gato, como por exemplo, se o tutor prefere manter o bicho dentro ou fora de casa.

Dessa forma, apesar de os cientistas acreditarem que determinados tipos de preferências culturais na criação podem influenciar no tempo de vida desses bichos, o estudo não foi capaz de quantificar esses dados, por serem muito variáveis.

Impacto emocional nos tutores dos gatos

Vale destacar, que o estudo sobre a expectativa de vida dos gatos, também revelou impactos emocionais nos tutores dos bichanos.

Isso porque, segundo o coautor Kendy Teng, seu amigo compartilhou os resultados nas redes sociais e as pessoas reagiram de maneira bem emotiva.

Desse jeito, surgiram respostas como, “o tempo é muito curto” ou algo do tipo “ao saber dessas médias de vida, todo dono de animal agora precisa valorizar o tempo que tem com seu pet”.

Veja também: Elefantes se comunicam com amigos dizendo “olá” e despertam atenção de cientistas

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Leandro Sinis, além de ser o CEO do Biologia Digital, traz consigo uma bagagem valiosa como biólogo e divulgador científico, graduado pela renomada Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Sua paixão pela ciência e pelo compartilhamento do conhecimento o impulsiona a liderar esta plataforma com dedicação e expertise. Para entrar em contato com Leandro, envie um e-mail para: leandrocarsi89@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *