Por que Plutão não é mais um Planeta?

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Por que Plutão não é mais um planeta? Antes de respondermos essa pergunta. Você precisa saber um pouco sobre a descoberta desse objeto distante.

Vamos lá! Desde sua descoberta em 1930 por Clyde Tombaugh, Plutão sempre foi reconhecido como o nono planeta do Sistema Solar. 

No entanto, em 2006, a União Astronômica Internacional (IAU) reclassificou Plutão como um “planeta anão”, gerando debates e questionamentos. 

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Então, neste post do Biologia Digital, você vai descobrir as razões por trás dessa mudança de status e o que significa ser um planeta anão.

A descoberta de Plutão

Clyde Tombaugh descobriu Plutão enquanto trabalhava no Observatório Lowell, no Arizona, em 18 de fevereiro de 1930. 

Desse jeito, no início os cientistas acreditavam que Plutão fosse um planeta similar aos outros em nosso Sistema Solar, mas observações posteriores revelaram peculiaridades que levaram à sua reclassificação.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Por que Plutão não é mais um planeta? Conheça os critérios para ser considerado um planeta

Em 2006, a IAU estabeleceu critérios específicos para definir o que constitui um planeta. 

Estes critérios incluem a necessidade de:

  • Orbitar o Sol;
  • Ter massa suficiente para ser esférico;
  • Limpar sua órbita de outros objetos. 

Com isso, Plutão não satisfaz o terceiro critério.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

A órbita de Plutão

Plutão é parte do Cinturão de Kuiper, uma região além da órbita de Netuno que contém muitos corpos celestes semelhantes a ele. 

Desse jeito, sua órbita é influenciada pela presença de outros objetos, e Plutão não é dominante o suficiente para “limpar” sua órbita de forma significativa, diferentemente dos oito planetas tradicionais.

A descoberta de outros objetos no Cinturão de Kuiper

A descoberta de outros corpos celestes no Cinturão de Kuiper, alguns dos quais até maiores que Plutão, também contribuiu para sua reclassificação. 

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Esses objetos questionaram a singularidade de Plutão como um planeta.

O que caracteriza um planeta anão?

Embora Plutão tenha perdido o status de planeta, ele continua sendo um objeto fascinante e importante para a ciência

Como um planeta anão, ele é reconhecido como um dos maiores corpos do Cinturão de Kuiper e tem sido alvo de missões espaciais, como a New Horizons da NASA, que proporcionaram novas informações sobre seu ambiente e composição.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Conclusão

A reclassificação de Plutão como um planeta anão foi baseada em critérios científicos estabelecidos pela IAU e reflete uma compreensão mais precisa de como classificar corpos celestes em nosso Sistema Solar. 

Embora tenha perdido seu status como um dos nove planetas tradicionais, Plutão continua a fascinar cientistas e entusiastas do espaço, oferecendo insights valiosos sobre a vastidão e diversidade do nosso sistema planetário.

Leia mais: Por Que Vênus é o Planeta Mais Quente do Sistema Solar?

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Leandro Sinis, além de ser o CEO do Biologia Digital, traz consigo uma bagagem valiosa como biólogo e divulgador científico, graduado pela renomada Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Sua paixão pela ciência e pelo compartilhamento do conhecimento o impulsiona a liderar esta plataforma com dedicação e expertise. Para entrar em contato com Leandro, envie um e-mail para: leandrocarsi89@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *