Orquídea Vanda: como cuidar, quais os substratos e adubos corretos

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

A orquídea Vanda é uma linda orquídea comumente utilizada por muitos cultivadores no mundo todo para a decoração de interiores.

E a sua procura tem aumentado aqui no Brasil por muitos orquidófilos amadores que querem uma orquídea sempre bela e de fácil cultivo.

Dessa forma, a orquídea Vanda por apresentar um sistema radicular aéreo, ela é capaz de absorver a umidade do ar e não necessita de substratos.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Sendo assim, neste artigo vou te mostrar passo a passo como cuidar da orquídea Vanda e principalmente, você vai descobrir quais os substratos e adubos corretos para este tipo especial de orquídea.

Então, vem comigo!

Orquídea Vanda: curiosidades gerais e características

A Orquídea Vanda pertence à família Orchidaceae e apresenta cerca de 80 espécies.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Além disso, essas orquídeas podem ser encontradas em diversos locais do mundo, principalmente:

  • Índia;
  • Himalaya;
  • Sudeste Asiático;
  • Nova Guiné;
  • China;
  • Filipinas;
  • Indonésia.

As orquídeas do gênero Vanda são consideradas epífitas e isso significa que na natureza elas são encontradas vivendo sobre árvores.

Ainda, essas orquídeas apresentam um tipo de crescimento conhecido como “monopodial”, ou seja, vertical.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

E as folhas apresentam diversas tonalidades de cor, como:

  • Marrom-amarelo;
  • Vermelho;
  • Laranja;
  • Branco;
  • Verde.

Além do mais, essas folhas podem possuir variados formatos, como ovóides, largas ou cilíndricas.

E como dito antes, existem cerca de 80 espécies dessa orquídea, das quais 3 são mais famosas entre os cultivadores:

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Vanda coerulea

Vanda cristata

Vanda teres

Orquídea Vanda: como cuidar corretamente

A orquídea Vanda é ideal para cultivadores iniciantes porque você não vai precisar se preocupar nem com substratos específicos e nem com vasos.

Isso porque as orquídeas Vanda podem ser cultivadas simplesmente penduradas! Isso mesmo!

Então, você pode pendurar sua planta em qualquer ambiente e ao mesmo tempo garantir uma decoração magnífica.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Dessa maneira, a orquídea Vanda pode ser pendurada em diversos locais, como:

  • Teto;
  • Cachepot;
  • Pergolado;
  • Painel de madeira.

Orquídea Vanda como regar

Como a orquídea Vanda não tem órgãos de reserva de água, como por exemplo, um pseudobulbo, então você precisará caprichar na rega.

Deste jeito, molhe bem as raízes e borrife água sobre as folhas para garantir uma boa hidratação da sua planta.

Além disso, evite que ela fique exposta a uma ventilação excessiva.

Luminosidade

A luminosidade para sua orquídea Vanda tem que ser indireta, ou seja, uma luz solar filtrada.

Então você pode cultivá-la dentro de casa perto de uma janela, numa varanda sombreada ou debaixo de uma árvore.

Substratos

A orquídea Vanda não precisa de uma composição de substratos (por exemplo, com casca de pinus, casco de coco, carvão vegetal e pedra brita) para se manter bem.

Isso porque, como dito antes, as suas raízes são aéreas e não necessitam de um suporte específico.

Assim, você poderá somente se preocupar em pendurar sua orquídea Vanda em algum lugar, como em um pergolado, teto ou debaixo de alguma árvore.

Como adubar orquídea Vanda

A orquídea Vanda poderá ser adubada como uma formulação de NPK-20-20-20.

Essa composição é ideal para manter sua orquídea Vanda sempre bonita, saudável, com flores lindas e exuberantes.

Veja mais artigos do Biologia Digital que podem te interessar.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Leandro Sinis, além de ser o CEO do Biologia Digital, traz consigo uma bagagem valiosa como biólogo e divulgador científico, graduado pela renomada Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Sua paixão pela ciência e pelo compartilhamento do conhecimento o impulsiona a liderar esta plataforma com dedicação e expertise. Para entrar em contato com Leandro, envie um e-mail para: leandrocarsi89@gmail.com