Onda de calor no Brasil: vai até quando esse fenômeno?

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Atualmente estamos vendo acontecer uma forte onda de calor no Brasil que tem um potencial de provocar diversos danos ambientais e também a saúde humana.

E para quem não sabe, a onda de calor no Brasil, que já tem durado alguns dias, é causada pelo fenômeno meteorológico conhecido como El Niño, que simultaneamente está em curso.

Dessa forma, o El Niño, que é um fenômeno atmosférico que surge a partir do aquecimento do oceano Pacífico, causa chuvas na região sul do Brasil e calor nas regiões norte, nordeste e sudeste.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

E neste fim de semana, a onda de calor no Brasil atingiu seu auge, fazendo com que algumas capitais do país batessem recordes de temperatura no ano de 2023: 

  • Rio de Janeiro – 39,9ºC;
  • São Paulo – 36,5ºC;
  • Curitiba – 33,1º;
  • Belo Horizonte – 37,1ºC;
  • Cuiabá – 40,6ºC.

Onda de calor no Brasil: motivo

Como dito antes, a onda de calor no Brasil está sendo causada principalmente pelo fenômeno conhecido como El Niño.

Além do mais, o El Niño é um fenômeno atmosférico provocado pelo aumento da temperatura do oceano Pacífico.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Dessa maneira, essa alteração de temperatura oceânica provoca uma série de mudanças climáticas, principalmente, na região tropical do planeta.

E no Brasil, essas alterações climáticas, geralmente provocam chuvas fortes no sul e forte calor nas regiões sudeste, nordeste e norte.

Até quando vai acontecer essa onda de calor no Brasil?

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a onda de calor que assola o Brasil deve reduzir a partir desta terça-feira (26).

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

E na quinta-feira (28), principalmente nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo o calor diminuirá consideravelmente.

Com isso, nesses dois estados a temperatura não deve passar de 25 graus Celsius, para o alívio dos paulistas e cariocas.

Como se proteger do calor excessivo?

Para se proteger do atual calor intenso, o ideal é fazer uso de protetores solares, óculos escuros, chapéus e roupas de proteção UV.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Veja mais conteúdos do Biologia Digital que podem ser úteis para você.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Leandro Sinis, além de ser o CEO do Biologia Digital, traz consigo uma bagagem valiosa como biólogo e divulgador científico, graduado pela renomada Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Sua paixão pela ciência e pelo compartilhamento do conhecimento o impulsiona a liderar esta plataforma com dedicação e expertise. Para entrar em contato com Leandro, envie um e-mail para: leandrocarsi89@gmail.com