James Webb fez primeira imagem de um exoplaneta

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

O Telescópio James Webb fez primeira imagem de um exoplaneta.

E mesmo para o supertelescópio da Nasa, registrar uma imagem direta de um planeta é uma tarefa difícil devido ao brilho intenso da estrela hospedeira.

O exoplaneta em questão é o HIP 65426 b que orbita a estrela HIP 65426.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Características do HIP 65426 b registrado pelo James Webb

O exoplaneta HIP 65426 b é um gigante gasoso com cerca de 6 a 12 vezes a massa de Júpiter.

Além disso, o HIP 65426 b fica a 355 anos-luz de distância da Terra.

Comparado ao nosso planeta, o exoplaneta HIP 65426 b é um mundo jovem, com cerca de 20 milhões de anos de idade.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Vale lembrar que o nosso planeta Terra, tem por volta de 4,5 bilhões de anos.

Outro fato importante é que o explaneta HIP 65426 b é um planeta gasoso…

Dessa forma, por não ser rochoso como o nosso, não pode ser habitável.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Como o James Webb fez a primeira imagem de um exoplaneta?

Mesmo para o JWST, não é uma tarefa simples fotografar um exoplaneta por causa da proximidade com a sua estrela hospedeira.

O brilho da estrela acaba ofuscando o exoplaneta.

Porém, dois fatores permitiram a observação pelo supertelescópio da Nasa:

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------
  • A distância do HIP 65426 b da sua estrela é relativamente grande;
  • O James Webb apresenta máscaras que subtraem digitalmente o brilho da estrela.

O HIP 65426 b é cerca de 100 vezes mais distante de sua estrela hospedeira do que o nosso planeta para o Sol.

Essa distância é suficientemente grande para que o James Webb possa separar o planeta da estrela na imagem.

Além disso o JWST usou máscaras ou coronógrafos em seus instrumentos de infravermelho, na NIRCam e na MIRI.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Com isso, os cientistas conseguiram subtrair a estrela hospedeira, mais precisamente o brilho dela, da imagem.

Sendo assim, o supertelescópio conseguiu realizar a sua primeira imagem direta de um exoplaneta.

Vale destacar, que o objetivo do James Webb é observar objetos muito distantes, como:

  • Estrelas;
  • Nebulosas;
  • Galáxias.

E assim, fornecer informações valiosas para o astrônomos entenderam a origem e evolução do cosmos.

Desse jeito, o James Webb não tem a missão de estudar exoplanetas.

Porém, de forma indireta o telescópio da Nasa acaba contribuindo para a pesquisa de exoplanetas ou pela busca de vida no universo…

Graças aos seus poderosos instrumentos de infravermelho.

Inclusive, recentemente o James Webb detectou CO2 na atmosfera de um exoplaneta e também descobriu planeta oceânico fora do sistema solar.

Vale destacar, que exoplaneta se refere a um planeta fora do nosso sistema solar.

Aqui no Biologia Digital, fizemos artigos sobre essas outras descobertas do James Webb envolvendo exoplanetas, veja!

LEIA MAIS: Exoplaneta Oceânico foi descoberto pela Tess da NASA

LEIA MAIS: James Webb detecta dióxido de carbono em exoplaneta pela primeira vez

Conclusão

Apesar de um James Webb ter como objetivo buscar entender a origem e evolução do universo através de imagens do espaço profundo…

O observatório espacial da Nasa já tem contribuído de forma indireta para o estudo de exoplanetas.

O que você achou desse mais novo feito do James Webb?

Nós também fizemos um vídeo sobre esse assunto!

https://youtu.be/1GLTpoiuMf4

Deixe seu comentário aqui abaixo!

Receba os novos conteúdos do blog no seu telegram, para isso acesse o nosso canal: https://t.me/professorleandrosinis

Você pode me seguir lá no Instagram.

Compartilhe o artigo nas redes sociais.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Leandro Sinis, além de ser o CEO do Biologia Digital, traz consigo uma bagagem valiosa como biólogo e divulgador científico, graduado pela renomada Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Sua paixão pela ciência e pelo compartilhamento do conhecimento o impulsiona a liderar esta plataforma com dedicação e expertise. Para entrar em contato com Leandro, envie um e-mail para: leandrocarsi89@gmail.com