Hubble faz bela imagem do Planeta Júpiter em Ultravioleta

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------
Imagem feita pelo Telescópio Espacial Hubble. (Foto: NASA, ESA, and M. Wong)

Nesta sexta (03), a NASA divulgou uma bela imagem do planeta Júpiter que foi registrada através de dados do telescópio Hubble.

Vale ressaltar, que o telescópio Hubble, que foi lançado em 1990, fez este registro incrível utilizando comprimento de onda de luz ultravioleta.

Além do mais, a imagem foi divulgada na última sexta (03), como uma forma de comemorar a oposição do planeta Júpiter em relação ao sol.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Vale destacar, que este fenômeno acontece quando Júpiter se encontra oposto ao Sol na esfera celeste.

Além disso, é importante dizer que esta condição permite uma melhor observação de Júpiter, já que o astro alcança um ponto mais alto no céu, ficando bastante visível. 

Qual a importância de criar uma imagem do planeta Júpiter em ultravioleta?

Para fazer o registro, a NASA utilizou a capacidade do Telescópio espacial Hubble de observar no comprimento de onda de luz ultravioleta.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

E isso foi feito com o intuito de estudar as grandes tempestades que ocorrem no planeta, como as do polo norte, polo sul, além da grande mancha vermelha.

Hubble investigou supertempestades de Júpiter

O registro foi feito em ultravioleta quando Hubble estava investigando as supertempestades furtivas do planeta.

Vale ressaltar, que esta investigação visa mapear nuvens de água em camadas mais profundas de Júpiter para tentar revelar estruturas tridimensionais da atmosfera do planeta.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Grande mancha vermelha de júpiter em azul?

Em comunicado, a NASA explicou que a grande mancha vermelha aparece nesse registro na cor azul, devido a presença de partículas de névoa que estão presentes em grandes altitudes e que acabam absorvendo luz neste comprimento de onda.

Além disso, diferentemente da grande mancha, as tempestades polares aparecem em tons mais avermelhados porque estão absorvendo bem menos luz neste comprimento de onda azul.

Qual a importância de observar o universo em ultravioleta?

De acordo com a Nasa, a observação do universo em comprimentos de onda de luz ultravioleta, possibilita os pesquisadores descobrirem fenômenos cósmicos incríveis, como:

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------
  • Estrelas jovens e quentes em galáxias locais;
  • Composição e temperatura do material existente entre estrelas;
  • E o processo de evolução de muitas galáxias.

Fique por dentro dos mais recentes conteúdos do Biologia Digital.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Leandro Sinis, além de ser o CEO do Biologia Digital, traz consigo uma bagagem valiosa como biólogo e divulgador científico, graduado pela renomada Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Sua paixão pela ciência e pelo compartilhamento do conhecimento o impulsiona a liderar esta plataforma com dedicação e expertise. Para entrar em contato com Leandro, envie um e-mail para: leandrocarsi89@gmail.com