Novidade na área de energias  renováveis: Energia eólica.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Serão  as energias  renováveis a grande heroína  para as novas gerações?

Mudanças climáticas afetam constantemente a vida em nosso planeta, parte delas são provenientes da emissão  de gases poluentes, e estas  são  ocasionadas pela necessidade  de produção  de energia  elétrica e outros bens  de consumo.

A maior parte da energia  elétrica produzida  hoje no mundo baseia-se em fontes não  renováveis, ou seja, fontes esgotáveis de energia, como: queima de combustíveis fósseis  ou carvão  vegetal. 

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Além de esgotáveis, a queima desses produtos aumenta, surpreendentemente, a descarga  de gases poluentes na atmosfera, que colaboram com a aceleração  do efeito estufa. 

Foto: Reprodução

Novas fontes de energias renováveis 

Em prol da redução e na tentativa  de desacelerar a poluição, iniciou-se  a busca por fontes de energias renováveis, ou seja, que não se esgotam.  

Além de não se esgotarem, essas fontes de energia causam menos impacto à natureza ao produzirem menos ou nenhum gás de efeito estufa. Podem fornecer eletricidade a um custo competitivo e ainda levar eletricidade a áreas remotas.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Entre elas temos a energia eólica, que é o processo de conversão da energia fornecida pela força dos ventos em movimento e, será transformada em energia elétrica, posteriormente, com o auxílio das turbinas eólicas. 

Essa fonte de energia limpa está em expansão e novas tecnologias estão surgindo para auxiliar e alavancar o setor. Atualmente já temos campos de produção em massa desse tipo de energia, principalmente no norte, nordeste e um no sudeste do Brasil. Porém, precisamos expandir para residências e torná-la ainda mais viável.

Novas tecnologias para as energias renováveis do meio eólico

Plataformas eólicas flutuantes

Essa tecnologia aproveita a energia dos ventos em alto mar, onde atinge uma velocidade maior e constância devido à falta de barreiras. Tem alto potencial e um alto valor estratégico, tanto em nível socioeconômico quanto ambiental, por ser uma fonte renovável que desempenha um papel crucial no processo de descarbonização.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Além disso, sua produção é  baseada em estruturas flutuantes e não fixas, oferecendo novas oportunidades e alternativas de posicionamento. Basicamente, ela abre a porta para locais mais afastados da costa, permitindo a instalação de aerogeradores em áreas marinhas maiores e mais profundas com maior potencial eólico. 

Mini gerador eólico residencial

 Essa tecnologia ainda está em desenvolvimento e está sendo projetada pela companhia holandesa The Archimedes. O equipamento promete ser uma nova revolução para a geração de energia elétrica doméstica.

Possui um pequeno aerogerador que produz mais energia do que as tecnologias atuais e com menos ruído. O equipamento foi desenhado para ser instalado nos telhados de casas ou edifícios. 

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Além disso, seu desenho em forma de parafuso triangular faz o equipamento se mover e ainda girar exatamente na direção para onde o vento está soprando, garantindo o melhor aproveitamento deste recurso natural. 

Foto: Reprodução

Por fim, esperamos que tenham gostado e aprendido um pouco mais sobre essas novas tecnologias para a geração de energia eólica!

Leiam também: WhatsApp Business: como funciona e quais recursos são oferecidos

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------
------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Com uma sólida formação em Eletrotécnica e imerso em seus estudos de Sistemas de Informação, Deyvid Manhães traz consigo uma paixão contagiante por Tecnologia, Cuidados com Pets, Matemática e Física. Agora, como membro da equipe do Biologia Digital, ele adiciona sua perspectiva única e seus amplos conhecimentos a cada artigo que produzimos. Prepare-se para mergulhar em conteúdos enriquecedores e inspiradores! Para se conectar com Deyvid, sinta-se à vontade para enviar um e-mail para: deyvidmanhaes2@gmail.com.