Conceitos Básicos de Ecologia (Passo a Passo): Aprenda o tema de uma vez por todas!

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Neste artigo eu vou te mostrar passo a passo os conceitos básicos de Ecologia mais importantes que todo vestibulando precisa saber.

Porém, antes de tudo, você precisa conhecer a definição de Ecologia.

Resumidamente: Ecologia é uma ciência que estuda as interações entre seres vivos com o ambiente físico que os cerca.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

O significado da palavra ecologia vem do grego, onde ECO vem de oikos que significa “casa” e LOGIA vem de logos que significa “estudo”.

Portanto, Ecologia é o estudo da casa, porém não é só isso! Ecologia é o estudo das inter-relações entre seres vivos e seres não-vivos.

Eu falei que os seres vivos interagem com o meio ambiente físico. No entanto, o que seria esse ambiente físico?

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

E esse ambiente físico na verdade, são os recursos físicos e químicos desse meio ambiente, esses recursos físicos e químicos são chamados de Fatores Abióticos.

Quer ver alguns exemplos de fatores abióticos?

  • Luz;
  • Temperatura;
  • pH;
  • Água;
  • Gás carbônico;
  • Oxigênio;
  • Sais minerais.

Os fatores abióticos, apesar de serem fatores não-vivos de um meio ambiente, esses fatores são fundamentais para os seres vivos.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Conceitos básicos de Ecologia: Fatores bióticos e abióticos

Quer ver um exemplo da importância da interação dos seres vivos com fatores abióticos?

FOTO: REPRODUÇÃO /CÉSAR E CEZAR. Biologia. São Paulo. Saraiva, 2005

Aqui nós temos uma lagoa, na lagoa você tem flutuando na superfície da água, algas microscópicas que formam o fitoplâncton…

Essas microalgas, que são seres vivos, produzem o oxigênio (um fator abiótico, um fator não-vivo) e esse oxigênio produzido vai ficar dissolvido na água.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Ao ficar dissolvido na água, esse oxigênio vai ser importante para respiração celular de alguns seres vivos como caramujos, peixes e até alguns vegetais que vivem ali no fundo da lagoa.

É importante falar que os seres vivos fazem parte dos fatores bióticos.

Então você tem as microalgas (seres vivos) que produzem o oxigênio (fator abiótico, não-vivo) e esse oxigênio produzido será importante na respiração de outros seres vivos (seres vivos que fazem parte dos fatores bióticos).

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Falando em microalgas, que são produtores, ou seja, autótrofos, fazem parte do nível trófico primário. Aqui no Biologia Digital, temos um artigo sobre Seres Autótrofos e Heterótrofos.

LEIA MAIS: Autótrofos e Heterótrofos: Quem são e Principais características

Outro exemplo de interação entre fatores bióticos e abióticos é o que acontece em uma floresta, por exemplo a floresta amazônica…

Você tem naturalmente plantas que vivem no solo e você tem árvores de copa alta…

Então, você tem as árvores de copa alta (fatore biótico) que interfere na quantidade de luz (fator abiótico) que alcança as plantas de solo (fator biótico).

Sendo que tanto as plantas que vivem no solo quanto as árvores de copa alta precisam de luz para realizar a fotossíntese e produzir oxigênio (fator abiótico) importante para a respiração celular de outros seres vivos.

Dessa forma, o tempo todo acontece a inter-relação tão importante entre fatores bióticos e abióticos.

Níveis de Organização em Ecologia

Já nos campos cerrados do brasil você encontra diversos seres vivos diferentes interagindo com o meio ambiente…

Você tem o lobo-guará que é um canídeo (espécie Chrysocyon brachyurus).

Vários indivíduos de Chrysocyon brachyurus vivendo juntos em uma mesma área você tem a população de lobos-guarás…

Ainda no cerrado, você tem diversos indivíduos de espécies diferentes interagindo ali…

O cerrado que é marcado por uma vegetação rasteira, você encontra nele, indivíduos de espécies de gramíneas, você tem também espécies de cupins e você tem espécies de tatus, que comem esses cupins.

Dessa forma, existem várias populações de indivíduos de espécies diferentes interagindo entre si numa determinada região, as populações de:

  • Lobo-guará;
  • Gramíneas;
  • Cupins;
  • Tatus.

Então quando você tem a interação de várias populações de indivíduos de espécies diferentes, você tem uma comunidade, comunidade biológica ou uma biocenose.

Portanto a definição de comunidade: são as diversas Populações que habitam uma determinada área e mantêm relações entre si.

IMPORTANTE: eu já disse que os seres vivos interagem também com os recursos físicos do meio ambiente, que são os fatores abióticos.

Esses fatores abióticos também são chamados de biótopo – palavra de origem grega, onde bios quer dizer “vida”, thopos significa “lugar”.

Desse jeito, biótopo é o lugar onde a vida reside.

Então as diferentes populações de seres vivos (comunidade biológica) vão interagir com o biótopo.

Então quando você tem a comunidade interagindo com o biótopo, temos um ecossistema!

Exemplos de ecossistemas:

  • Florestas;
  • Oceanos;
  • Lagoas;
  • Tanques de Bromélias;
  • Aquário marinho;
  • Etc.

Agora, o conjunto de todos os ecossistemas temos a esfera da vida, ou a biosfera!

A biosfera abrange as regiões do planeta onde existe vida, como a litosfera, hidrosfera e atmosfera.

https://youtu.be/lek8AkswtGA

Conclusão

Neste post eu te apresentei os conceitos básicos de ecologia, tudo o que você precisa saber para mandar bem na sua prova, seja vestibular ou não.

Tenta lembrar que os seres vivos não só interagem entre si mas também com os recursos físicos e químicos do meio ambiente.

Ou seja, constantemente, ocorre uma inter-relação entre fatores bióticos e abióticos.

Aqui eu também mostrei os principais níveis de organização em Ecologia:

  • População;
  • Comunidade;
  • Ecossistema;
  • Biosfera.

Espero que eu tenha ajudado você com esse texto, se você gostou compartilhe com seus amigos.

Qualquer dúvida me envia lá no meu Instagram (que eu sempre respondo) ou aqui abaixo, nos comentários. 👇

Não se esqueça de compartilhar esse artigo com seus amigos. 👇

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Leandro Sinis, além de ser o CEO do Biologia Digital, traz consigo uma bagagem valiosa como biólogo e divulgador científico, graduado pela renomada Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Sua paixão pela ciência e pelo compartilhamento do conhecimento o impulsiona a liderar esta plataforma com dedicação e expertise. Para entrar em contato com Leandro, envie um e-mail para: leandrocarsi89@gmail.com