Como cuidar de orquídeas no vaso de plástico: 5 dicas fáceis de cultivo

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Como cuidar de orquídeas no vaso de plástico é uma das estratégias que os cultivadores de plantas ornamentais querem saber nos dias de hoje.

Isso porque as orquídeas são plantas normalmente utilizadas para decoração de interiores por se adaptarem a condições de meia sombra.

Para isso, dominar o cultivo de orquídeas em vasos de plástico pode ser uma ótima estratégia para ter essas plantas dentro de casa compondo a decoração de seu ambiente interno.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Dessa maneira, neste artigo do Biologia Digital, você vai descobrir como cuidar de orquídeas no vaso de plástico com 5 dicas fáceis.

Como cuidar de orquídeas no vaso de plástico

Saber como cuidar de orquídeas no vaso de plástico pode ser uma ótima tática para cultivadores que não possuem tanto tempo para dedicar ao cultivo de plantas.

Isso porque o vaso de plástico possui diversas vantagens, tais como: 

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------
  • Resistência;
  • Leveza;
  • Não retém umidade, não apodrecendo pela ação de fungos;

Além do mais, os transparentes deixam passar a luz e permitem o monitoramento do estado das raízes.

Dessa maneira, se você pretende cultivar orquídeas dentro de casa ou em qualquer outro ambiente interno, a escolha por um vaso de plástico pode ser a mais indicada no cultivo dessas plantas pela praticidade que o material oferece.

Então, veja agora 5 dicas fáceis de cultivo sobre como cuidar de orquídeas no vaso de plástico. 

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Orquídea gosta de sol ou sombra

De forma geral as orquídeas gostam de uma condição de iluminação de meia sombra ou luz indireta.

Então, independente se você cultiva a sua orquídea em um vaso de plástico, vaso de barro ou qualquer outro material, você precisa garantir uma luz indireta ou filtrada.

Para isso, se você cultiva a orquídea dentro de casa, você deve colocá-la próxima a uma janela para que receba a luz indireta. 

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Por outro lado, se você cultiva orquídea em ambientes externos, a dica é você deixar a orquídea em um local com uma boa claridade apenas, como uma varanda ou debaixo de uma árvore.

Temperatura ideal para orquídeas

Além do mais, a temperatura ideal para orquídeas varia entre 15 graus celsius e 25 graus Celsius.

Dessa maneira, se a temperatura for superior a 25°C, você deve ligar um ventilador, por exemplo, para refrescar a orquídea.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

De outra forma, se a orquídea for exposta a uma temperatura abaixo de 15 graus Celsius ela poderá ficar doente ou em um melhor cenário será estimulada a floração.

Como regar orquídeas em vaso de plástico

Uma situação que deixa muitos cultivadores de orquídeas preocupados é o momento da rega.

Isso porque as pessoas ficam preocupadas em regar em excesso ou pouco.

No entanto, se você garantir uma boa drenagem através de furos no fundo do vaso, você poderá molhar sua planta, de forma despreocupada.

Além disso, você precisa saber um momento de regar a sua orquídea, que deve ser sempre quando o substrato estiver totalmente seco.

Para isso, você precisa monitorar constantemente a situação do substrato da sua orquídea, através do teste do dedo ou do lápis.

Substratos para orquídeas

Já que falamos em substrato, os substratos para orquídeas devem ser, na verdade, uma mistura de vários elementos,  como:

  • Casca de Pinus;
  • Casca de coco.
  • Carvão vegetal;
  • Argila expandida ou pedra brita.

Adubos para orquídeas

Os adubos para orquídeas podem ser químicos, como formulações variadas de NPK ou orgânicos, como:

  • Bokashi;
  • Torta vegetal;
  • Farinha de ossos.

Caso você prefira utilizar adubos químicos, procure pela formulação mais indicada para sua orquídea, de acordo com a idade dela ou se está em fase de floração ou não.

Dessa maneira, se você escolher o adubo químico, veja também as informações na embalagem do fabricante sobre como utilizar o produto nas quantidades adequadas.

Por outro lado, se você optar por adubos orgânicos,  aconselhamos que você faça uma trouxinha de TNT com farinha de ossos ou torta de mamona e, em seguida, coloque no cantinho do substrato da orquídea.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Leandro Sinis, além de ser o CEO do Biologia Digital, traz consigo uma bagagem valiosa como biólogo e divulgador científico, graduado pela renomada Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Sua paixão pela ciência e pelo compartilhamento do conhecimento o impulsiona a liderar esta plataforma com dedicação e expertise. Para entrar em contato com Leandro, envie um e-mail para: leandrocarsi89@gmail.com