Cidades na Costa Leste dos EUA estão afundando, segundo dados da NASA

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Imagens de satélite da NASA revelam que grandes cidades dos EUA, como Baltimore, Nova Iorque e Charleston, estão afundando a uma velocidade preocupante.

Velocidade do Afundamento e Consequências

As imagens da NASA mostram que áreas ao longo da Costa Leste estão afundando mais rapidamente, especialmente em tons de azul escuro.

O afundamento do solo ameaça infraestruturas, terras agrícolas e zonas húmidas, especialmente com o aumento do nível do mar.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Dados Alarmantes e Impacto nas Comunidades Costeiras

Entre 2007 e 2020, cidades como Nova York e Baltimore afundaram em média de 1 a 2 milímetros por ano, com algumas áreas afundando o dobro ou triplo dessa taxa.

A subsistência aumenta o risco de inundações, danos às casas e infraestruturas instáveis, afetando mais de 867 mil propriedades e infraestruturas críticas.

Causas e Soluções

Atividades humanas, como a extração de águas subterrâneas, contribuem para o afundamento em locais como Charleston, enquanto fatores naturais e geológicos desempenham um papel em áreas como Nova Iorque.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Mapeamento e Prevenção

Os pesquisadores usaram imagens de satélite e sensores GPS para estudar a costa e estão trabalhando para mapear outras regiões costeiras e ajudar as cidades a se tornarem mais resilientes.

Leia mais: Tardígrados: Os incríveis super-heróis microscópicos

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------
------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Leandro Sinis, além de ser o CEO do Biologia Digital, traz consigo uma bagagem valiosa como biólogo e divulgador científico, graduado pela renomada Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Sua paixão pela ciência e pelo compartilhamento do conhecimento o impulsiona a liderar esta plataforma com dedicação e expertise. Para entrar em contato com Leandro, envie um e-mail para: leandrocarsi89@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *