Autótrofos e Heterótrofos: Quem são e Principais características

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Muitos alunos têm dificuldades em saber o conceito de organismos autótrofos e heterótrofos.

Saiba que esses organismos também podem ser chamados de seres autotróficos e heterotróficos.

Na natureza existem basicamente duas formas alimentares ou de obtenção de alimentos:

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------
  • Existem organismos capazes de produzir o seu próprio alimento;
  • E existem organismos que precisam obter seus alimentos, a partir de outros seres vivos.

Não se preocupe porque neste artigo eu vou te explicar passo a passo quem são esses seres e suas características.

Organismos Autótrofos (ou Autotróficos)

Os organismos autótrofos ou autotróficos são aqueles seres capazes de produzir o seu próprio alimento, ou seja, de produzir os seus compostos orgânicos, ou ainda, suas moléculas orgânicas.

A palavra “autotrófico” vem do grego, onde:

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------
  • “Auto” vem de Autós, que significa próprio;
  • “Trófico” vem de Trophos, que significa alimento.

Portanto, os seres autotróficos ou autótrofos são capazes de produzir o seu próprio alimento.

Outra coisa importante que você precisa saber é que os organismos autótrofos, são capazes de produzir o seu próprio alimento a partir de substâncias inorgânicas.

Ou melhor, a partir da metabolização de substâncias inorgânicas.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Existem dois tipos de organismos autótrofos:

  • Organismos autótrofos fotossintetizantes;
  • Organismos heterótrofos quimiossintetizantes.

Autótrofos fotossintetizantes

Os organismos autótrofos fotossintetizantes são capazes de produzir o seu próprio alimento não só a partir de substâncias inorgânicas (CO2 e H2O) …

Como também aproveitam a energia proveniente do sol para sintetizarem suas moléculas orgânicas.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Exemplos de organismos autótrofos fotossintetizantes:

  • Plantas;
  • Algas verdes;
  • Cianobactérias.

Autótrofos quimiossintetizantes

Agora, os organismos autótrofos quimiossintetizantes também produzem o seu próprio alimento a partir de moléculas inorgânicas.

Porém, não utilizam a energia proveniente do sol. Além disso, vivem em locais pobres em oxigênio.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Esses seres usam a energia liberada através da oxidação de substâncias inorgânicas para sintetizar os seus compostos orgânicos por meio de uma reação de quimiossíntese.

Organismos quimiossintetizantes normalmente são algumas bactérias e arqueas.

Exemplos de organismos autótrofos quimiossintetizantes são as bactérias dos gêneros:

  • Nitrobacter;
  • Nitrosomonas.

As nitrobactérias, por exemplo, vivem no solo reciclando nitrogênio. Essas nitrobactérias obtêm energia para produzir os seus compostos orgânicos a partir da oxidação de nitrito (NO2) a nitrato (NO3).

Seres heterótrofos

Já os organismos heterótrofos precisam obter os seus compostos orgânicos a partir de outros seres vivos, no meio onde vivem.

Exemplos de seres heterótrofos:

  • Algumas bactérias;
  • Fungos;
  • Protozoários;
  • Animais.

Atenção: Lá no canal do Biologia Digital no Youtube, fizemos uma videoaula sobre esse assunto.

Passa lá para assistir!

https://youtu.be/BoADNA9KbC8

Conclusão

Neste artigo você descobriu quem são os organismos autótrofos e heterótrofos e suas principais diferenças.

Os organismos autótrofos produzem o seu próprio alimento a partir de substâncias inorgânicas.

Já os organismos heterótrofos precisam obter os seus compostos orgânicos no meio onde vivem, através de outros seres vivos.

Espero que você tenha gostado do post, caso tenha ficado alguma dúvida, envie para mim aqui nos comentários. 👇

Ou envie suas dúvidas lá para o meu Instagram, para isso, clique aqui.

Se esse texto ajudou você compartilhe com seus amigos, para isso, basta clicar nos botões aqui abaixo. 👇

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Leandro Sinis, além de ser o CEO do Biologia Digital, traz consigo uma bagagem valiosa como biólogo e divulgador científico, graduado pela renomada Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Sua paixão pela ciência e pelo compartilhamento do conhecimento o impulsiona a liderar esta plataforma com dedicação e expertise. Para entrar em contato com Leandro, envie um e-mail para: leandrocarsi89@gmail.com