Amor-agarradinho: aprenda como plantar essa linda planta comestível

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Se você tem um pergolado em casa ou quer decorar um muro da sua área externa, uma ótima opção é decorar o seu espaço com a Amor-agarradinho!

Isso porque, esta é uma planta trepadeira, de flores delicadas e tons rosados que irão dar um toque romântico ao seu jardim.

Além disso, a Amor-agarradinho se trata de uma planta comestível não convencional (PANC), seus frutos e folhas e folhas podem ser usados na culinária, sendo incluídas em pratos de pratos de chefs.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Se interessou por essa linda plantinha? Então, continue neste artigo e aprenda a plantar e cuidar desta verdinha no jardim da sua casa.

Foto: Reprodução

Veja como plantar a Amor-agarradinho passo a passo!

Primeiramente, é preciso separar alguns materiais antes de partir para o plantio da sua plantinha.

Sendo assim, providencie os seguintes itens:

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------
  • terra adubada;
  • areia grossa de construção;
  • um balde;
  • argila expandida ou pedra brita;
  • um vaso de pelo menos 20 litros;
  • pazinha de jardinagem.

Agora que você já separou o material necessário, vamos começar!

Antes de mais nada, coloque em um balde três partes de terra adubada e uma parte de areia grossa e misture bem com a ajuda de uma pazinha.

Em seguida, pegue o vaso e verifique se há furos no fundo. Se não tiver, você mesmo pode fazê-los com a ajuda de uma faquinha com ponta fina aquecida no fogo.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Então, coloque um pouco de argila expandida ou pedra brita no fundo do vaso e cubra com a mistura de terra adubada com areia de construção.

Depois, basta fazer um buraco no meio do solo, inserir a sua mudinha e regá-la para que o substrato assente.

Foto: Reprodução

Estes são os principais cuidados que você deve ter com a sua plantinha!

De nada adianta você plantar a sua Amor-agarradinho adequadamente, mas não saber quais os cuidados que você deve ter com ela no dia a dia! Por isso, separei para você dicas essenciais de cultivo para que sua plantinha cresça e floresça!

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

A Amor-agarradinho gosta de sol ou sombra?

Sol! Essa é uma planta nativa do México, que gosta de ambiente bem iluminado e de sol pleno. Por isso, coloque o seu vasinho em um  local que forneça pelo menos 6 horas de sol por dia à sua plantinha!

Além disso, é importante colocar algum suporte próximo a ela para ela usar como amparo para seu crescimento, pode ser um pergolado ou um muro com uma estaca guia, por exemplo.

Como regar a sua plantinha?

Regue-a  com uma boa frequência, o que gira em torno de duas vezes por semana.

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Entretanto, antes de molhar a sua planta novamente, verifique se o solo está bem sequinho, pois ela não gosta de substrato úmido!

Como devo adubar a Amor-Agarradinho?

O melhor a se fazer é ir adicionando adubos orgânicos, como casca de ovos e de frutas. No entanto, é possível utilizar o NPK 04-14-08 mensalmente para estimular a floração e fazer a manutenção dos nutrientes necessários de forma mais prática.

Devo fazer poda?

Sim! Faça podas de limpeza regularmente, retirando folhas e flores secas e murchas. Mas também, é preciso fazer a poda de condução para ajudar a sua planta a guiar o seu crescimento da maneira que você deseja.

O que fazer para que ela floresça?

A Amor-agarradinho leva pelo menos 6 meses para fornecer a sua primeira florada. A partir daí, a floração é perene! No entanto, fornecer sol, adubação e fazer a poda de limpeza com boa frequência irá ajudar a sua plantinha a manter a sua floração.

Leia mais: Horta vertical: tudo o que você precisa saber para montar a sua!

------CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE------

Rafaela Lucena é mais do que uma redatora; é uma entusiasta incansável do vasto universo da Astronomia, Educação Infantil, Cuidados com Pets e Jardinagem. Com uma combinação única de paixão e profundo conhecimento nessas áreas, ela entrega diariamente artigos envolventes e informativos aqui no Biologia Digital, inspirando nossos leitores a explorarem e aprenderem mais sobre esses fascinantes temas. Para trocar ideias ou colaborar, não hesite em entrar em contato através do e-mail: rafaeladelucena@gmail.com.